sábado, 2 de maio de 2009

Simbolismo da Tiara Papal



Os autores dão vários significados para as três coroas. Sendo que todos se referem a um triplo poder.

O significado das três coroas evoluiu no decorrer da história. Tradicionalmente, o triplo poder (militar, civil e religioso) era igualmente exprimido por três títulos:
Pai de reis
Regente do Mundo
Vigário de Cristo

A maioria dos autores dão esta explicação:
A primeira coroa é símbolo do poder da Ordem Sagrada, pelo que o Papa é Vigário de Cristo, sucessor de São Pedro, nomeando os bispos e sendo, por excelência, o grande Pai da Cristandade.

A segunda coroa representa o poder de Jurisdição, em virtude do poder das chaves, ou seja, o de ligar e desligar na terra e no céu.

A terceira coroa representa o poder do Magistério, em virtude da infalibilidade papal. Outros autores dizem que as três coroas expressam as três fases da Igreja: militante (na terra), padecente (no purgatório) e triunfante (no céu).

Outra explicação fala das três funções do papa:
Sacerdote: (bispo de Roma)
Rei: Chefe de Estado soberano
Mestre: árbitro e detentor do magistério supremo, dotado de infalibilidade.

Ainda temos que o Papa é para os cristãos:
Sacerdote soberano
Grande juiz
Legislador

E por fim, outros dividem as coroas pelos poderes:
Temporal: Chefe de Estado soberano
Espiritual: Chefe da Igreja
Moral: superioridade em relação aos outros poderes do mundo



Fonte: http://dominusvobis.blogspot.com/

2 comentários:

Tradicionalismo Católico Sempre disse...

Salve Maria!

Muito bom o artigo. As três coroas papais são muito expressivas. Talvez na época atual, o Papa ao usar dessas três coroas, provocaria grande impacto, num mundo materialista e ante-cristão como este. Muito bom é ver o Papa com estas coroas, encarando corajosamente o mundo e todos os inimigos da Barca de Pedro.

filipe disse...

Muito boa postagem; que a sucessão de Pedro dure até o fim dos tempos; Igreja de Chisto é Una e Santa.